sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

A vacina não é para todos?

Um dia destes, liguei para o centro de saúde porque a médica mandou a minha mãe levar a vacina da gripe. Ligo para saber se ainda existem vacinas disponíveis (para não ir enganada) e a enfermeira manda-me aguardar porque "vai ver". Espero. Ela volta e diz que "ainda tem mas são poucas, por isso venha já". A minha mãe veste-se rapidamente e vai até ao centro. Lá, é atendida por outra enfermeira que pergunta-lhe se comprou a vacina. Como assim? A vacina é gratuita para maiores de 65 e/ou doentes diabéticos. Pelo menos é o que anunciam na tv! A enfermeira diz que "acha que não tem mais nada em stock" (e pelos vistos o frio impedia-a de se mexer para ir procurar). Então, a minha mãe mostra-lhe o papel que a medica tinha dado e não é que subitamente a vacina materializou-se? Ó papel poderoso que arrebita toda a enfermeira e fá-la enfrentar o frio! No lugar magico e aparentemente com o dom de materialização de vacinas, a dita cuja dá o ar de sua graça et voilá! habemus vaccinae! 

17 comentários:

  1. Uma coisa é certa, não a tomo. Mas se as pessoas as podem tomar porque não?

    "Isolei-me de um mundo imperfeito" (Poetizando ...)

    Beijos, bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não Cidália!
      Boa semana.
      Beijos

      Eliminar
  2. Tomo-a há muitos anos porque sou doente de risco Antigamente comprava-a.
    Agora, aqui no meu centro de saúde, ela embora seja gratuita, só pode ser dade com a autorização do médico de família, porque há doentes que não a podem levar apesar de serem idosos. Há portadores de doenças que uma vacina pode matá-los. Os auto-imunes, os portadores de linfomas etc. Pode ter sido por isso que a vacina só apareceu depois de verem a receita da médica.
    Um abraço e um bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tomara que seja isso Elvira!
      Boa semana.
      Abraço

      Eliminar
  3. Nunca a tomei mas deveria ser para todos os que quisessem e pudessem. :))

    Hoje:- {Poetizando e Encantando} Advertências... a saudade não mente.
    .
    Bjos
    Votos de um Sábado Feliz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depois de tanto falarem nisso na tv, eu pensei que era para todos os doentes de risco mas pelos vistos não é bem assim.
      Beijos

      Eliminar
  4. Olá, Aninhas!

    Um texto mto bem escrito, cheio de ironia e graça.

    É assim que funciona a saúde em Portugal, mas, felizmente que não são todos os profissionais dela a agirem assim. O frio incomoda, mas a gripe, incomoda mto mais e pra quem tem mais de 65 anos, é diabética etc. não há que pensar duas vezes. Eu só levei uma vez a vacina da gripe, visto ter ligeira bronquite asmática, mas os meus anticorpos não se deram bem com os da vacina e fiquei com uma gripe forte e prolongada. Isto foi há uns 10 anos. A partir daí, nunca mais. Qdo pertencer à 3ª idade, tb não tomarei, visto que o meu organismo a rejeita.

    Eu não sei se, efetivamente, a vacina da gripe dará resultado, será eficiente nos grupos de risco, pke conheço pessoas que acabam por ter gripe na mesma, mesmo levando a vacina. O Zé, meu médico de família, tb tem dúvidas, mas as pessoas com 65 anos, e mal chega setembro, já lhe estão pedindo a receita pra vacina.

    Então, mesmo com frio há carnaval por aí. Pois, há que aproveitar toda a data, para chamar turistas a essa ilha. os hotéis estão quase sempre cheios, pois o clima é satisfatório, com raras exceções, e o importante é a diversão dos turistas e a entrada de divisas nesse cantinho florido. Vocês, e aqueles que se deslocam para ver essas iniciativas, são poucos, acho eu. Afinal, quase tudo o que se faz na Madeira, em termos de divertimento e alegria, é pra inglês, francês e alemão ver(em).

    Estou a aproveitar estes 3 dias de férias, em casa, bem sossegadinha. O tempo, por aqui, está péssimo. Não gosto do carnaval, tal com o tu.

    Beijinhos e bom domingo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Ceuzinha!

      Muito obrigada!

      Olha, o meu pai foi levar a vacina há dois anos mas disse "para nunca mais". Ficava constipado por tudo e por nada, desatava a espirrar e ficava doente. E esses sintomas só desapareceram o ano passado.

      A eficácia da vacina é muito debatida e muitos médicos não a aconselham. Aliás, acho que bem poucos a tomam e por algum motivo será. A minha mãe só levou porque a medica mandou senão não ia mas até agora, não se tem saído mal. So far, so good.

      Sim, aqui o carnaval sai nem que chova torrencialmente. Felizmente para os participantes e para os turistas, o tempo estava bom mas olha que hoje já voltou a piorar. Queres ver que o São Pedro gosta de carnaval e deu uma folga? rsrs
      Nunca fui ver o desfile porque como sabes, não gosto nada dessas coisas e a maiorias dos que estão a assistir são mesmo turistas.

      Em casa é que se está bem, no aconchego do lar com tudo o que precisamos.

      Boa semana.
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Olá, Aninhas!

      De nada, ma chèrie! Só elogio, qdo acho que devo elogiar. Caso contrário, calo-me ou se tenho algum à-vontade com a pessoa, digo que está satisfatório, mas que tem capacidade pra fazer melhor e a pessoa aceita bem. É pedagogia, que funciona em todos os setores da nossa vida.

      Como o teu pai, há mais casos, infelizmente. Nem toda a gente pode levar a vacina. Estão em causa/luta os nossos anticorpos e os da vacina, como já aqui referi.

      Muito poucos, é verdade, aliás, conheço alguns que têm colonoscopias, endoscopias altas, biópsias hepáticas e etc. marcadas há "n", mas não fazem por medo e "em casa de ferreiro espeto de pau", como sabes. Dizia-me o Zé no outro dia, em consulta: preciso de fazer análises, sobretudo ao PSA. Ando-me a levantar uma vez por noite. Hum! Isto não me está a agradar! E por que não fazes? Não tenho tempo, respondeu-me. Ora, abóboras pra ti. "Tás" a ficar velho, é o que é.

      Se a médica prescreve a vacina à tua mãe e ela se dá bem, então, não há motivo para parar, pelo menos por enquanto.

      Pois, era o que eu pensava. Os madeirenses, que desfilam é pra turista ver e S. Pedro ajuda. Não aprecio esse tipo de desfiles, portanto, casinha.

      Beijos e bom resto de semana.

      Eliminar
  5. Boa tarde. São as incongruência desta vida. Entendê-las não é fácil...
    .
    * Poetizando a Folia do Carnaval *
    .
    Tenha um Carnaval Feliz

    ResponderEliminar
  6. Boa tarde, alguns dos profissionais de saúde deixam muito a desejar pela sua arrogância, julgam-se únicos e exemplares, comigo, levam logo com uma participação até ás ultimas consequenciais, como aconteceu, estes esquecem-se que somos nós os contribuintes, que pagamos a construção e a manutenção das universidades, que somos nós que pagamos os professores que os formam com os nosso impostos, mesmo com estes arrogantes irresponsáveis, somos o décimo segundo melhor serviço de saúde da Europa com a Espanha e Inglaterra atrás de nós.
    Continuação de boa semana,
    AG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, AG!
      Felizmente a maioria dos profissionais de saúde são bons e competentes mas quando encontramos uma "ovelha negra", é de tirar a paciência a qualquer santo!
      Boa semana.
      Abraço

      Eliminar
  7. Hmmmm.... mistééééééééério, diria o outro ;)
    Tudo de bom!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. lol pois há mistérios que precisam ser desvendados!
      Abraço

      Eliminar
  8. Olá, Ana,

    Tudo bem? Importante é que a mamãe está vacinada.
    Prefiro as ponderações da Sra. Elvira. Se há restrições ou recomendações para o uso da vacina, é de bom alvitre que ela seja aplicada quando houver a prescrição médica. Evita-se, assim, o uso indiscriminado, deixando-a sobretudo para as faixas etárias de maior risco.
    Reconheço, porém, que você está coberta de razão.
    Por que a enfermeira não disse desde o primeiro momento que a vacina estava sendo aplicada somente sob prescrição médica? E se tal não ocorresse não haveria lugar para ilações...
    Por aqui "Acabou o nosso Carnaval/ Ninguém passa mais brincando feliz/ E nos corações/ saudades e cinzas/ foi o que restou".
    É o trecho de uma marcha-rancho, composição de Carlinhos Lira e Vinicius de Moraes.
    Aproveito para dizer-lhe que estou pensando seriamente em aceitar o convite, independente do perfume rss.
    beijos, aos montes, se o deixar, Ana rss!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá José Carlos!

      Tudo bem por aqui e com vc?

      eu concordo que a vacina só seja dada a quem precisa e há casos em que ela não pode ser dada mesmo. O que me choca é a má vontade da enfermeira. Como em todos os lugares, há bons e maus profissionais mas os bons estão em maioria.

      Quanta melancolia nesses versos! rsrs
      Carnaval é sinonimo de alegria e animação mas o que sobra depois? 3 dias de diversão para um resto de ano de lembranças?

      Beijos

      Eliminar